F-Truck: Danilo Dirani e Ford terminam em segundo em Londrina

O Roberval Andrade (Scania) venceu neste domingo (22/8) em Londrina (PR) a sexta etapa do Campeonato Sul-americano e Brasileiro de Fórmula Truck. Em segundo chegou Danilo Dirani (Ford), seguido de Felipe Giaffone (Volkswagen), que ampliou sua vantagem na liderança dos certames.

“Foi o nosso melhor final de semana na temporada, com pole position e terminando a corrida em segundo. Vim em um ritmo legal e chegue próximo de minha primeira vitória”, comemorou Danilo Dirani, que ficou a dois segundos do vencedor e obteve seus melhores resultados na categoria.

Partindo da pole position, Danilo Dirani não conseguiu manter o seu Fod Cargo na ponta, já que Adalberto Jardim (Volvo) queimou a largada. Depois, foi ultrapassado por Leandro Totti (Mercedes) e Roberval Andrade (Scania), que usam os caminhões de 12 litros.

“Como o Jardim queimou a largada, não pude aproveitar a liderança para abrir diferença que poderia me dar uma tranqüilidade”, comentou Danilo, que acha que poderia ter lutado pela vitória. Com a punição para Jardim e o abandono de Totti, Dirani manteve a segunda posição por todo o restante da prova até brigar pela liderança nas últimas cinco voltas. “Quase deu para aproveitar do problema do Roberval (Andrade) para vencer. Nosso problema todo foi na largada”, completou confiante.

Para o chefe de equipe Djalma Fogaça, o resultado da prova foi satisfatório para a Ford Racing Trucks. “Foi um resultado bom. Claro que melhor seria a vitória, mas a diferença de motor foi decisiva, deu pra ver na largada e na relargada. O significativo é que nossos três caminhões Ford Cargo terminaram a corrida inteiros, sem maiores problemas e com a nova eletrônica funcionando bem”, elogiou. “Estamos chegando, estamos na cara do gol”, prevê o experiente ex-piloto sorocabano.

O ex-piloto de Fórmula Indy Bruno Junqueira fez uma excelente largada e pulou para nono, mas ainda na primeira volta foi envolvido no acidente entre Pedro Muffato, Paulo Salustiano e Wellington Cirino, que acabou obstruindo a passagem de vários caminhões.

“Dei uma encostadinha neste acidente e furou um pneu. Com isto, perdi duas voltas até retornar para a corrida, o que foi uma pena. Meus tempos de volta estavam bons, mas corrida é assim, fazer o quê? Vamos continuar, nosso Ford cargo está cada vez mais competitivos”, consolou-se o mineiro.

O único gaúcho na Fórmula Truck sofreu com os problemas em consequência do acidente que sofreu no treino livre de sábado. Andersom Toso manteve um bom ritmo, mesmo com seu caminhão saindo de frente. “Fiquei na pista. Foi uma prova cansativa e foi uma pena que numa disputa com o Cristiano da Matta pelo 13º lugar acabei rodando. Vamos pensar na próxima corrida”, ponderou Toso.

A próxima etapa da Fórmula truck será dia 19 de setembro em Buenos Aires, na Argentina.

Confira o resultado da Fórmula Truck em Londrina:

1º) 100 – Roberval Andrade (S, SP), 29 voltas em 1:01:28.304 (média de 89,02 km/h)

2º) 56 – Danilo Dirani (F , SP), a 2.451

3º) 4 – Felipe Giaffone (W , SP), a 10.006

4º) 2 – Valmir Benavides (W , SP), a 19.551

5º) 9 – Renato Martins (W , SP), a 22.883

6º) 3 – Geraldo Piquet (M , DF), a 24.032

7º) 88 – Beto Monteiro (I , PE), a 25.619

8º) 50 – Fred Marinelli (I , SP), a 29.566

9º) 23 – Adalberto Jardim (V , SP), a 29.872

10º) 28 – Fabiano Brito (F , PR), a 35.474

11º) 12 – José M Reis (S , GO), a 39.222

12º) 20 – Pedro Muffato (S , PR), a 54.460

13º) 33 – Cristiano Da Matta (I , MG), a 59.439

14º) 14 – João Maistro (V , PR), a 1:10.432

15º) 46 – Andersom Toso (F , RS), a 1:29.565

16º) 8 – Bruno Junqueira (F , MG), a 2 voltas

17º) 77 – André Marques (S , SP), a 6 voltas

18º) 73 – Leandro Totti (M , PR), a 10 voltas

19º) 7 – Débora Rodrigues (W , SP), a 10 voltas

20º) 55 – Paulo Salustiano (V , SP), a 15 voltas

21º) 51 – Leandro Reis (S , GO), a 16 voltas

22º) 21 – José Cangueiro (M , SP), a 17 voltas

23º) 6 – Wellington Cirino (M , PR), a 20 voltas

24º) 10 – Vignaldo Fizio (F , SP), a 28 voltas