Danilo Dirani e Cristina Rosito colocaram modelos Ford Cargo no Top-10 na Argentina

A decisão do Campeonato Sul-Americano de Fórmula Truck 2011 foi eletrizante neste domingo em Buenos Aires, na Argentina. A equipe Ford Racing Trucks foi uma das protagonistas dessa disputa e fechou a rodada com seus dois pilotos, Danilo Dirani e Cristina Rosito, figurando entre os dez primeiros da prova.

O paulista chegou à Argentina como vice-líder do Sul-Americano, mas largou na 20ª posição após ser punido no treino classificatório por exceder a velocidade no trecho de radar. Na corrida, Danilo fez uma excelente recuperação, com mais de 17 ultrapassagens durante os 50 minutos de prova, e terminou o fim de semana como vice-campeão.

“Consegui fazer uma largada muito boa e já na primeira volta passei entre os 15 primeiros. Depois cometi um erro e rodei, caí para último novamente e tive que recuperar posições outra vez”, contou Danilo. “Essa corrida mostrou o potencial dos caminhões Ford na categoria. Meu caminhão esteve entre os mais rápidos durante todo o fim de semana e deixou a certeza de que, se eu largasse entre os primeiros como a gente previa no sábado, teria grandes chances de brigar pela vitória”, avaliou o paulista.

As últimas oito voltas da corrida foram eletrizantes. Uma intervenção do Pace Truck na fase final, em decorrência de uma escapada de pista de Valmir Benavides, aproximou os três primeiros colocados: Geraldo Piquet, Adalberto Jardim e Danilo Dirani – que terminaram a prova exatamente nesta sequência.

“No final da prova eu estava próximo dos dois primeiros, mas não tinha condições de atacar porque já tinha desgastado muito os pneus por ter sido agressivo no começo da corrida. Naquele momento, preferi manter a terceira posição e garantir o vice-campeonato a arriscar uma quebra ou uma saída de pista”, contou Dirani.

Cristina Rosito voltou a ser um dos destaques da Fórmula Truck. Depois de conquistar seu melhor resultado na categoria durante a etapa de Londrina – válida pelo Campeonato Brasileiro – quando foi a oitava colocada, a piloto gaúcha mais uma vez figurava entre os dez melhores, mas teve de abandonar por um problema no seu caminhão.

“Uma pena abandonar uma prova como essa, em que eu vinha tão bem. Mas um rendimento como o de hoje, fazendo uma boa largada e chegando a andar na nona posição me deixa cada vez mais confiante e confortável no caminhão. Estou muito feliz pelo trabalho que a equipe tem feito e acho que a tendência a partir de agora é sempre conquistar bons resultados. Hoje mesmo, acho que tinha plenas condições de ir ao pódio”, avaliou Cristina, que faz sua primeira temporada na categoria e foi a primeira mulher a pontuar na corrida de estreia na F-Truck.

Agora encerrado o Campeonato Sul-Americano – que teve o paulista Felipe Giaffone campeão -, a Fórmula Truck retoma seu Campeonato Brasileiro no dia 09 de outubro, quando a quinta etapa do torneio será disputada na cidade de Guaporé, no Rio Grande do Sul.

Confira como terminou a 3ª etapa do Campeonato Sul-Americano de Fórmula Truck e como ficou a classificação final do certame:

Resultado – 3ª etapa – Campeonato Sul-Americano

1) Geraldo Piquet (M, DF), 22 voltas em 50:39.639 (média de 88,06 km/h)
2) Adalberto Jardim (W , SP), a 0.631
3) Danilo Dirani (F , SP), a 5.150
4) André Marques (V , SP), a 11.731
5) Renato Martins (W , SP), a 13.822
6) Zé Maria Reis (S , GO), a 14.789
7) Fred Marinelli (I , PR), a 20.498
8) Luiz Pucci (V , RA), a 21.114
9) Roberval Andrade (S , SP), a 21.820
10) Felipe Giaffone (W , SP), a 1 volta
11) Beto Monteiro (I , PE), a 4 voltas
12) Debora Rodrigues (W , SP), a 4 voltas
13) Luiz Lopes (S , SP), a 5 voltas
14) Valmir Benavides (W , SP), a 6 voltas
15) Diumar Bueno (V , PR), a 8 voltas
16) Cristina Rosito (F , RS), a 8 voltas
17) Vignaldo Fizio (M , SP), a 12 voltas
18) Leandro Totti (M , PR), a 14 voltas
19) Paulo Salustiano (I , SP), a 16 voltas
20) Regis Boessio (M , SP), a 17 voltas
21) Leandro Reis (S , GO), a 18 voltas

Legenda: F – Ford / W – Volkswagen / S – Scania / M – Mercedes-Benz / I – Iveco

Os 10 primeiros na classificação final do campeonato

1) Felipe Giaffone (Volkswagen), 66 pontos
2) Danilo Dirani (Ford), 55
3) Geraldo Piquet (Mercedes-Benz), 42
4) Valmir Benavides (Volkswagen), 37
5) Roberval Andrade (Scania), 33
6) Adalberto Jardim (Volkswagen), 32
7) Renato Martins (Volkswagen), 31
8) Beto Monteiro (Iveco), 28
9) André Marques (Volvo), 26
10) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 24