Pedro Gomes aguarda para fazer sua estreia em Cascavel (PR), enquanto Danilo Dirani disputa primeira prova de caminhões na pista

Uma grandiosa obra de reforma que reconstruiu quase que por completo o Autódromo de Cascavel, no Oeste do Paraná, colocou novamente a cidade no mapa das grandes competições do automobilismo nacional. E a reinauguração do Autódromo Zilmar Beux será oficializada neste fim de semana (03 a 05/8) com a disputa da 6ª etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck.

A ansiedade por voltar a correr em uma das pistas mais tradicionais do país tem agitado pilotos e equipes da categoria. Nos boxes da Ford Racing Trucks / 72 Sports, essa expectativa tem gerado pontos de vista opostos.

Por um lado, Pedro Gomes – piloto do Ford Cargo #43 – se prepara para fazer sua primeira corrida em Cascavel. Mesmo com a experiência de passagem por categorias importantes do Brasil como a Stock Car, Pedro nunca pilotou nessa pista do Paraná.

“Assim como já tinha acontecido em Caruaru, a Fórmula Truck está me proporcionando a oportunidade de conhecer mais uma importante pista do Brasil”, disse o piloto. “Pelo que pesquisei sobre o traçado, a maioria das curvas é de alta velocidade. É um tipo de pista que eu gosto e sempre consigo andar bem”, comentou Pedro.

Mesmo sem conhecer a pista, a experiência como piloto profissional é um fator que compensa na hora do aprendizado de um novo circuito. “Em Caruaru, que eu também nunca tinha corrido, já no segundo treino livre estava andando no mesmo ritmo do Danilo. Em Cascavel, onde eu imagino que todos os pilotos comecem em uma condição bastante próxima pelo fato de a pista estar fora do calendário há alguns anos, acho que essa adaptação vai ser necessária para todos”, completou Gomes.

Já no outro Ford Cargo da equipe, o #70, Danilo Dirani volta a correr em Cascavel levando na bagagem ótimas lembranças. Há quase dez anos, em 2003, ele venceu as duas corridas realizadas nesta pista pelo Campeonato Sul-Americano de F-3. No final daquela temporada, os pontos desses triunfos acabaram sendo importantes para a conquista do título.

“Lembro bem da pista, mas correr de caminhão é completamente diferente do que de Fórmula 3. Para mim é como começar do zero no reconhecimento do traçado e no trabalho de acerto, mas é claro que já ter andado e vencido em Cascavel ajuda mesmo que em menor escala”, avalia Dirani.

Na categoria, a equipe Ford Racing Trucks / 72 Sports também carrega um bom retrospecto em Cascavel. No mesmo ano de 2003, o hoje chefe de equipe, Djalma Fogaça, venceu a etapa da Fórmula Truck nessa pista a bordo de um caminhão Ford. E, por três anos consecutivos, o time esteve no pódio representado pelo pernambucano Beto Monteiro.

Em 2012, o desafio da Ford Racing Trucks / 72 Sports é concretizar em Cascavel o bom resultado que vem batendo na trave nas últimas etapas do campeonato. “Nosso caminhão é rápido. O que estamos sofrendo, a meu ver, é pura falta de sorte. Tivemos chance de estar no pódio em pelo menos quatro das cinco provas deste ano, mas ora fomos vítimas de incidentes ocasionados por outros pilotos, ora tivemos de abandonar por fatores que fogem do nosso controle”, comentou Djalma Fogaça.

Para o chefe da equipe, o grande desafio dos pilotos neste fim de semana é conquistar uma vaga no Top Qualifying – segunda fase da classificação em que apenas os oito melhores da primeira parte disputam a pole-position.

“Os últimos caminhões a entrar na pista acabam tendo vantagem por pegar uma condição melhor de asfalto e de temperatura. Mesmo saindo no início do treino, nós largamos entre os oito em Interlagos e Goiânia. Tenho certeza que, largando entre os primeiros e com o ritmo que nosso caminhão tem durante a corrida, podemos brigar não só pelo pódio, mas pela vitória”, destacou Fogaça.

Os treinos que marcam a reinauguração do autódromo paranaense começam na próxima sexta-feira. A corrida da Fórmula Truck, de volta a Cascavel depois de sua última passagem em 2007, será no domingo às 13h10. Confira a programação:

Sexta-feira – 03/8
11h às 12h – 1º treino livre
14h às 15h – 2º treino livre

Sábado – 04/8
9h às 10h – 3º treino livre
11h às 12h – 4º treino ivre
14h às 15h30 – Treino classificatório
15h45 às 16h15 – Top Qualifying

Domingo – 05/8
8h30 – Warm-up
13h10 – Corrida – 6ª etapa do Campeonato Brasileiro

—————————————————————–
Texto: Rafael Durante
Imagens: Orlei Silva