Muffato pontua e exalta experiência adquirida em Guaporé

David MuffatoDavid Muffato levou a equipe DF Racing Fans à zona de pontos neste domingo (12), em Guaporé, no Rio Grande do Sul. A cidade, localizada na região da Serra Gaúcha, foi palco da oitava etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Uma etapa marcada pelo intenso calor que desafiou a resistência de pilotos e máquinas ao longo de 60 minutos de corrida.

Prontos para uma prova de recuperação, David Muffato e Djalma Fogaça lideraram uma impressionante escalada de posições no início da corrida. Djalma, porém, foi uma das vítimas do calor na 14ª passagem, quando já ocupava a nona posição.

“Meu caminhão vinha muito, muito bem. Tanto que eu vinha controlando o ritmo para não ter problemas e, ainda assim, ganhava posições. Foi uma pena, porque tinha ritmo para brigar pelo pódio”, contou Fogaça.

Enquanto isso, Muffato seguia impondo um ritmo de corrida forte mesmo tendo de pagar penalidades por duas queimas de radar. “Eu não estava arriscando no trecho do radar, mas acabei excedendo o limite duas vezes por bobeada minha mesmo. Mas foi um ótimo domingo. Em meu primeiro ano na categoria, poder completar uma corrida é o resultado mais importante para aprender como o caminhão se comporta em cada fase da prova e como lidar com isso. Eu tinha equipamento para estar entre os dez primeiros, mesmo tendo perdido um pouco de potência no fim, provavelmente em razão do calor. De toda forma, foi ótimo completar todas as voltas da prova e, ainda, levar um ponto para casa”, disse o piloto paranaense, que cruzou a linha de chegada na 14ª posição.

Djalma FogaçaRaijan Mascarello, com o terceiro caminhão do time, enfrentou um problema elétrico ainda no grid e sequer conseguiu largar. A vitória deste domingo em Guaporé ficou com o paulista Roberval Andrade, que largou na pole position e liderou todas as voltas da corrida. Felipe Giaffone terminou na segunda posição e Leandro Totti, líder do campeonato, foi o terceiro. Confira como terminou a oitava etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck:

1) Roberval Andrade (Scania, SP), 34 voltas em 1:00:47.953 (média de 99.2 kmh)
2) Felipe Giaffone (MAN , SP), a 0.762
3) Leandro Totti (Volkswagen , PR), a 6.507
4) Paulo Salustiano (Mercedes , SP), a 8.429
5) Wellington Cirino (Mercedes , PR), a 11.400
6) Danilo Dirani (Scania , SP), a 13.370
7) Jansen Bueno (Scania , PR), a 13.621
8) Adalberto Jardim (Volkswagen , SP), a 15.514
9) Valmir Benavides (Iveco , SP), a 16.366
10) Debora Rodrigues (Volkswagen , SP), a 16.655
11) André Marques (Volkswagen , SP), a 19.736
12) Gustavo Magnabosco (Volvo , PR), a 21.338
13) João Maistro (Volvo , PR), a 24.556
14) David Muffato (Ford , PR), a 42.694
15) Diogo Pachenki (Volvo , PR), a 47.736
16) Jaidson Zini (Iveco , PR), a 1:02.354

Não completaram:
17) Geraldo Piquet (Mercedes , DF), a 6 voltas
18) Luiz Lopes (Iveco , SP), a 13 voltas
19) Djalma Fogaça (Ford , SP), a 20 voltas
20) Marcello Cesquim (Mercedes , PR), a 21 voltas
21) Beto Monteiro (Iveco , PE), a 24 voltas

Melhor Volta: Leandro Totti, 1:28.013 (126.0 kmh.)

—————————————————-
Texto: Inova Comunicação – Rafael Durante (Mtb 48.044)
Imagens: Orlei Silva