Terceiro no grid, Fogaça confirma boa fase da DF Racing Fans

Djalma Fogaça O sorocabano Djalma Fogaça conquistou neste sábado, em Campo Grande (MS) uma vaga na segunda fila do grid de largada para a segunda etapa da temporada da Fórmula Truck. Terceiro mais rápido no último treino de sexta-feira, Fogaça admitiu estar ansioso para a etapa deste fim de semana, justamente para poder confirmar a boa fase vivida por sua equipe neste ano.

“Tivemos um resultado positivo em Caruaru, num circuito normalmente difícil para nossa equipe. Aquela pista, no entanto, tem características únicas e por isso estávamos ansiosos pela chegada de Campo Grande. Já nos primeiros treinos nossos caminhões se mostraram competitivos e na classificação obtive um resultado que me permite sonhar com o pódio. Nosso pessoal tem trabalhado muito e estamos conseguindo reverter a temporada complicada que vivemos em 2014”, declarou o sorocabano.

Dificuldade superada – O bom resultado obtido por Fogaça no treino de sexta-feira veio acompanhado de um problema nas válvulas do motor que, embora tenha sido concertado para este sábado, roubou meio segundo por volta da performance obtida pelo caminhão #72 da DF Racing Fans no dia anterior.

“Superamos uma grande dificuldade, pois nossa expectativa era largar na terceira fila em razão da perda de rendimento no motor”, explicou Fogaça. “Meu caminhão está muito bem acertado e nossa equipe está trabalhando muito bem, realmente focada em obter um resultado positivo. Por isso conseguimos superar mais esta dificuldade e vamos largar mais bem colocado do que esperávamos no domingo”, acrescentou.

Felipe Giaffone larga na pole position da segunda etapa da Fórmula Truck, a ser disputada neste domingo, no Autódromo de Campo Grande, às 12 horas (13 horas de Brasília), com transmissão ao vivo pela Rede Bandeirantes. O piloto da MAN Latin América foi o mais rápido nos 3.510 metros do traçado da capital do Mato Grosso do Sul. Ele fez 1min47s639, média de 117,4 km/h e, além de largar na posição de honra, também conquistou mais um ponto extra. Felipe levou todos os 53 pontos possíveis em Caruaru, quando venceu a etapa, marcou a pole e as duas melhores voltas do domingo.

Logo que terminou o Top Qualifying o mais veloz foi Leandro Totti, que havia dominado praticamente todos os treinos do final de semana. No entanto, os comissários desportivos da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) decidiram desclassificar por excesso de fumaça Totti, André Marques e Beto Monteiro. Dos três, Leandro e André perderam posições, enquanto Beto, que enfrentou problemas, mesmo punido, manteve a nona posição.

Grid de largada da segunda etapa da temporada da Fórmula Truck

1) Felipe Giaffone (MAN Latin América), 1min47s639, média de 117,4 km/h
2) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), 1min47s978
3) Djalma Fogaça (Ford), 1min48s035
4) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 1min48s601
5) Adalberto Jardim (MAN Latin América), 1min49s425
6) Débora Rodrigues (MAN Latin América), 1min50s436
7) Leandro Totti (MAN Latin América),
8) André Marques (MAN Latin América), 1min48s490
9) Beto Monteiro (Iveco), 6min35s891
10) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), sem tempo

Classificados antes do Top Qualifying

11) David Muffato (Scania), 1min49s887
12) Jaidson Zini (Iveco), 1min50s011
13) Régis Boessio (Volvo), 1min50s328
14) Gustavo Magnabosco (Scania), 1min50s371
15) Rogério Castro (Mercedes-Benz), 1min51s127
16) Luiz Lopes (Iveco), 1min53s002
17) Alex Fabiano (Volvo), 1min54s106
18) Fabiano Brito (Scania) 1min54s732
19) Roberval Andrade (Scania), 1min59s580
20) Gabriel Correa (Ford), 2min01s973
21) Raijan Mascarello (Ford), 2min05s657
22) Pedro Muffato (Scania), sem tempo
23) Michelle de Jesus (Ford), sem tempo

____________________________________________
Informações de Rafael Durante e Milton Alves
Créditos das Imagem: Orlei Silva